Assim como tem muita gente que protesta contra o uso do adjetivo “top” para tudo nesse mundo (muito em especial nas redes sociais), existem alguns termos que os fãs de gastronomia já não aguentam mais ouvir – ou então que, ao serem mencionados, causam uma polêmica no nível da eterna disputa biscoito X bolacha.

Seja você do tipo que abomina ou que abraça a palavra janta (em oposição a jantar) ou que tem arrepios ao ouvir o adjetivo “gourmet” atrelado a qualquer coisa, confira alguns dos termos que não passam despercebido na conversa de cozinha, para o bem ou para o mal.

Janta

Antes que mais alguém reclame, a palavra é sinônimo de “jantar”. No entanto, “janta” é apenas de uso corriqueiro, não muito bem visto em textos e situações mais formais. Um coisa é certa: o termo causa estranhamento e arrepio na espinha de muita gente quando ouve a frase “a janta está servida!”

Quitute

Com jeitão de coisa antiga, a palavra logo traz à mente doce caseiro de avó, em potes de vidro ou coberto por toalha de renda – por isso mesmo, deu para ser utilizado como peça de marketing de docerias. Por conta disso, tem gente que já pegou birra quase eterna da expressão.

Gourmet

Termo ultra desgastado. Antes, denotava algo diferente: um ingrediente mais refinado ou de difícil acesso, por exemplo. Depois, acabou virando sinônimo de produto que sai mais caro e mas que nem sempre é melhor (isso sem entrarmos no mérito de coisas como “varanda gourmet”, mais conhecida como a churrasqueira na sacada do apartamento)…

Funcional

Na mesma linha de pensamento do “gourmet”, a palavra da hora é “funcional”. Muito estimada pelo público fitness, seria qualquer alimento que traz benefícios à saúde. O problema é que, em nome da boa forma, invenções como brigadeiros de “whey protein” ou batata-doce muitas vezes levam embora o sabor dos pratos – e a paciência de quem só queria comer bem, sem necessariamente avaliar as propriedades do que vai no prato.

Mistura

Grosso modo, é tudo aquilo que acompanha o arroz com feijão de todo dia – geralmente carne, frango ou peixe. Em alguns lugares, porém, “mistura” é o prato que se faz com o que sobrou do almoço, a famosa “limpa” da geladeira em que tudo vai para a panela. De qualquer forma, basta perguntar “o que tinha de mistura hoje?” para causar urticária em algumas pessoas…

Artesanal

Outra palavra cooptada pelo marketing para nomear algo do tipo “feito em casa”. Há quem se queixe que o termo foi desvirtuado e usado para vender produtos com acabamento desigual (ao contrário do padrão industrial). Como reconhecer? Eles geralmente trazem rótulos que imitam caligrafia manual, uma história interessante sobre a origem dos produtos… E preço nas alturas para compensar.

Lanche

Há quem argumente que a palavra só deveria ser usada por quem ainda está na escola. Hambúrgueres, cachorros-quentes e qualquer outra refeição que é feita entre o almoço e o jantar, portanto, não poderia ser chamada de “lanche”. Como chamá-lo então? Café da tarde? Snack? Que comecem as discussões a respeito!

Fonte: Uol Comidas e Bebidas

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry