Alguma vezes a paixão cervejeira chega a tanto que a pessoa não só toma cerveja, cozinha com ela, como veste cerveja – já viu as camisetas-sonho das cervejarias? – , espalha a bebida pela decoração da casa com garrafas, tampinhas, adesivos…

Mas este post vai além. Você sabe que alguns ingredientes que fazem parte da sua bebida-amada-idolatrada-salve-salve não estão nem no seu copo, nem na sua mesa?

Recentemente, a Colorado se uniu ao estúdio de design de óculos Leaf para criar armação feita com o bagaço de malte descartado na produção das cervejas! Os modelos Charles e Layla, dois clássicos da marca, reaproveitam o resíduo da produção e reduzem o impacto no meio ambiente deste material. Para isso, foi feito um processamento do bagaço que é misturado a uma resina laminada junto à madeira certificada.

Ele não está só. Outro querido é o lúpulo. Na Alemanha – terra em que tem a florzinha para dar, vender e fazer as cervejas mais tradicionais do mundo – as flores são usadas na produção de comprimidos e até para “recheio” de travesseiros. Por quê? PORQUE É UM CALMANTE NATURAL! (Beijo no lúpulo).

Os “hopfen kissen” ( “Travesseiros de lúpulo”), encontrados facilmente nos sites gringos, são usados com frequência para deixar o sono mais gostoso e muitas vezes o lúpulo é misturado com a nossa boa e velha lavanda. Zzzzzz…

Mas ainda é possível deixar o lúpulo fazer você ficar mais gato ou gata. A marca da empresa The Braves, de Curitiba, usa extrato de lúpulo em xampu, sabonete, cera, pomada, creme de barbear e creme para as mãos (este numa edição especial para Outubro Rosa, mas pode ficar para sempre e ampliar essa linha feminina, hein marca ? )

Fonte: Siga o Copo

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry