Responsável por um terço da produção alimentícia do mundo, o desperdício de comida é um problema crônico da sociedade.

Para mudar este cenário Jasmine Crowe lançou um aplicativo que realiza a gestão de resíduos alimentares, redirecionando a comida que seria jogada no lixo para organizações sem fins lucrativos, que os compartilha com camadas mais vulneráveis da sociedade.

A iniciativa tomou corpo há dois anos enquanto Jasmine promovia jantares para os sem-teto da cidade de Atlanta, no Leste dos Estados Unidos. Por diversas vezes ao servir o alimento as pessoas perguntavam onde ela havia conseguido a comida.

goodr-1

“Na verdade nenhum restaurante doou a comida. Eu simplesmente colhia doações de voluntários e muitas vezes tirava dinheiro do próprio bolso para fazer as coisas acontecerem”, explicou ao site Fast Company.

Provando que nem sempre a inovação acontece a partir de ideias complexas, o Goodr nasce como um aplicativo que envolve toda a sociedade para resolver um problema crônico ente restaurantes e o desperdício.

jasmine

A maioria dos estabelecimentos se nega em arcar com os custos para evitar o desperdício, como se prontificar em contratar pessoas para entregar as quentinhas ou até mesmo firmar acordo com instituições de caridade. Nesse sentido o Goodr permite que os clientes sinalizem em quais restaurantes o alimento está pronto para se recolhido.

“A fome não é um problema tão assustador. Há alimento suficiente para todos. O problema é o estabelecimento de uma logística que funcione”, analisa.  

Até o momento o Goodr evitou o desperdício de mais de 400 quilos de comida, entregando cerca de 850 refeições.

Fonte: Hypeness

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

Comentários

comentários