Camarões são os frutos do mar mais populares do mercado – e não é à toa. Do molho ao aperitivo, do recheio do croquete até o famoso coquetel com molho rosé, tem sempre alguma receita que fica ainda melhor com um toque do famoso crustáceo – que, aliás, tem a cara dos dias mais quentes. Mas para não comprar o camarão errado – ou se encrencar na hora de limpar – tem uns truques bem espertos a se descobrir. Dê uma espiada nessas dicas e bom apetite!

Qual comprar

Existem diversas regulamentações que definem quais tamanhos de camarões podem ser vendidos no Brasil. Os menores, como o sete-barbas (ou de areia), são os mais usados em recheios e molhos e também como aperitivos.

Já os maiores, como pitu e rosa, são aqueles usados quando o crustáceo é a estrela do show – pense em moquecas ou em coquetel de camarão, por exemplo.

Comprando fresco

Para checar o frescor do ingrediente, dê uma boa olhada no corpo: ele precisa ser curvado e com a cabeça bem presa. Descarte se eles estiverem secos ou com manchas, sinal de que estão deteriorados.

Comprando congelado

Camarões congelados são uma mão na roda para preparar um prato diferente (especialmente os camarões menores, que por vezes já são vendidos limpos). Se possível, descongele um dia antes do preparo, dentro da geladeira.

Como limpa

Existem algumas maneiras de limpar um camarão. A mais simples dela é segurar as patas e arrancar a casca. Em seguida, faça um corte raso no torso do camarão e retire as vísceras (uma longa tripa escura, que pode ser removida com a ajuda de um palito de dentes).

Não jogue fora as cascas!

As cascas dos camarões rendem um caldo muito bom para risotos e sopas. Congele em um saco plástico próprio e depois cozinhe por dez minutos em água quente o suficiente para cobrir as cascas

Na cozinha

A gente associa camarão rosado com camarão pronto para servir – na dúvida, abra o crustáceo para checar como está a carne (lembre-se – assim como os frangos, não existe camarão mal passado). Preste atenção no preparo, porque camarão é um ingrediente que cozinha muito rápido – e, se ficar tempo demais na panela, acaba bem borrachudo…

Variando no sabor

Variando no sabor Tá valendo não usar alho para a fritada de camarão, se você não gosta do tempero. Usar raspas de laranja e alecrim fresco, capim-limão, páprica, pimentão, pasta de curry também são boas ideias para um prato bem rápido e marcante. Para fritá-los, é só colocar óleo em uma frigideira, o suficiente para cobrir todo o fundo. Em seguida, coloque os camarões e os temperos e refogue até ficarem rosados, lembrando-se de virá-los para dourar os dois lados.

Camarões assados ou grelhados

Para assar ou grelhar camarões, você deve manter a temperatura alta e o tempo de cozimento curto. É importante ter um molho de acompanhamento, para que o fruto do mar não acabe seco.

Fonte: UOL

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry