Tá achando que festival cervejeiro é bagunça? Com algumas dicas é possível aproveitar a temporada de Oktoberfests pelo Brasil e pelo mundo ou os encontros das microcervejarias sem sofrer e se frustrar.

Conheça o perfil do festival

O público, os estilos de cerveja e até a música que vai rolar pelo evento contam. Tem festival com mais cara de reunião de negócios que de festa. Outros têm mais jeitão de micareta e fica complicado tomar a cerveja em paz. Do agito ou da calmaria, vale saber a programação completa do evento para não voltar triste e com sede para casa.

Faça uma lista de cervejas-desejo

Se, mais do que o evento social, o que importa para você é a cerveja, seja nerd. Dar uma espiadinha nas cervejarias participantes e sonhar com os exemplares que você quer provar é parte da diversão – e economiza tempo na frente das torneiras de chope.

Dificilmente a(s) cerveja(s) da sua vida estará(ão) em um festival

O evento é legal para conhecer as novidades? Claro. Mas, entenda: a cerveja não está no ambiente ideal para consumo. Variação de temperatura, serviço apressado do chope e até mesmo a gana de consumir um copo atrás do outro fazem com que o que se bebe em festival seja apenas uma amostra – às vezes injusta – do potencial da cerveja com mais cuidados. Vale colher o que achou de mais bacana para repetir a dose em casa ou em um bar.

Chegue cedo

Festivais lotam, pessoas bebem e cervejas boas acabam antes. Depois não adianta fazer textão nas ~~redes~~. Cerveja não tem fonte eterna e não cai do céu (infelizmente).

Tenha um plano de degustação

A não ser que a intenção seja dar PT e passar vergonha, comece pelas menos alcoólicas e pouco complexas. Aquecer os motores é ideal não só para não ficar bêbado, como para conseguir sentir os sabores. Não adianta começar numa Russian Imperial Stout e depois partir para uma witbier. Estratégia é tudo.

Coma e beba água

Não é papo de mãe, é um mantra a ser seguido. Ninguém merece passar mal ou dar trabalho para os amigos porque não sabe beber.

Não seja o sommelier do festival

A não ser que você tenha sido chamado para dar uma palestra ou que seu grupo adore saber sua opinião sobre cada gole da cerveja, festival não é lugar para análises sensoriais. Um, porque, como já disse, seria injusto julgar a bebida na muvuca. Dois, porque enche o saco.

Foca na diversão

Cerveja, é antes de tudo, um lubrificante social. E ninguém vai para a festa para ficar no refrigerante, né? (NÃO É MESMO?) Aproveite o que ela tem de melhor e PROSIT!

Fonte: UOL

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

Comentários

comentários