Estreou na sexta-feira, 19, a série Cooked no Netflix, um documentário baseado no mais recente livro do jornalista Michael Pollan , que foi lançado em 2014 no Brasil com o nome “Cozinhar, Uma História Natural da Transformação”.

Assim como o livro, Cooked foi dividida em quatro episódios: água, fogo, terra e ar. Cada episódio tem perto de 45 minutos e um diretor diferente. Os episódios são intercalados por cenas de Pollan cozinhando, às vezes, desajeitado entre facas e tábuas ou falando em sua casa na Califórnia com cenas gravadas pelo mundo.

No episódio “Água”, por exemplo, em que parte de memórias de um cozido que sua mãe fazia para falar sobre os incríveis sabores que se pode criar em meios líquidos, a série vai a Mumbai, na Índia, mostrar como a comida processada está ocupando os lares daquele país. São visitadas famílias que mantêm o hábito de fazer as belas receitas indianas do zero em casa, mas também famílias que pedem frango frito do KFC quatro vezes por semana. Em “Fogo”, ele vai à Austrália conhecer o churrasco aborígine. Já em “Ar”, visita um antigo moinho de farinha do Marrocos, para falar de panificação e em “Terra”, vai a um vilarejo no Peru, onde se faz uma bebida chamada masato, pretexto para tratar da fermentação. Vai costurando as histórias, comentários científicos, históricos e sociológicos que cercam o mundo da comida.

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

Comentários

comentários