As pedras na vesícula ou cálculos biliares são partículas sólidas que se formam na vesícula originárias da bílis. A vesícula biliar é um órgão pequeno que junto ao pâncreas e ao fígado encarregam-se de produzir enzimas digestivas e bílis para digerir as gorduras. Os cálculos biliares impedem que a vesícula execute seu trabalho, impedindo uma fácil digestão de todos os alimentos.

Em geral, as recomendações dietéticas a seguir se você tiver pedras na vesícula são simples: uma alimentação variada baixa em gorduras e colesterol, fazer um ajuste das calorias à dieta diária, dividir as refeições em 5 porções ao dia, evitar ficar em jejum e diminuir as refeições abundantes.

Para os cálculos biliares é necessário ter uma dieta baixa em gorduras, mas isso não significa que deva excluí-las de sua alimentação diária, mas sim ter um controle delas. Somente em fases muito avançadas as gorduras devem ser eliminadas completamente da dieta.
É importante introduzir diferentes produtos na nova dieta. As verduras e legumes não podem faltar; são recomendáveis a beterraba, a alcachofra, o pepino, o tomate e o rabanete; poderá incluir também sucos de verduras e legumes.

Tão importante como as verduras e legumes, as frutas também são muito aconselháveis. Pode escolher entre pera, maçã, figo, melão, mamão, entre outras. Introduza-as em sua dieta pelo menos duas vezes por dia.

Na hora de escolher a carne é recomendável optar pelo frango, peru ou coelho, já que possuem um menor teor de gordura e, portanto, são fáceis de digerir. É aconselhável eliminar a pele e escolher os cortes magros.

No momento de escolher o que comer se tiver pedras na vesícula, você pode optar também por peixes magros já que seu conteúdo em gordura é inferior ao de peixes como o atum, o que não significa que os peixes azuis devam ser totalmente excluídos da dieta. São aconselháveis peixes como a garoupa, a merluza, a lula ou a pescada. É importante cozinhar com pouco azeite: no vapor, assado ou grelhado.

Os laticínios continuam sendo importantes na dieta diária, mas será imprescindível que sejam desnatados para facilitar a digestão e a eliminação das gorduras. É melhor evitar o uso de natas e creme de leite.

O consumo de água é o mesmo que em qualquer dieta equilibrada, tome 2 litros ao dia para favorecer a hidratação do organismo e melhorar o funcionamento da eliminação de toxinas.

Para melhorar o estado de saúde durante a litíase biliar é bom evitar alimentos flatulentos e aqueles que estimulam as secreções digestivas como: café, chá, suco de laranja e bebidas alcoólicas.

Também não são aconselhadas as carnes vermelhas, as frituras, picantes e produtos que contenham glúten.

Lembre-se que se vai consumir alimentos gordurosos, é melhor que estejam crus. É o caso das margarinas, azeites e manteigas.

Fonte: Saúde Um Como

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
14

Comentários

comentários