Se engana quem pensa que é necessário comer por dois durante a gravidez. Segundo especialistas, este hábito muitas vezes leva as mamães a comerem alimentos menos saudáveis, o que é um risco para a saúde não só da mulher como do bebê.

Em entrevista ao jornal britânico “Daily Mail”, os médicos do Clinical Sciences Centre, em Londres, afirmaram que comer por dois além de dificultar na hora de perder uns quilinhos ganhos na gestação, aumenta os riscos do bebê ser obeso logo durante a infância e vida adulta.

Isso acontece porque durante a gravidez o sistema digestivo das mulheres muda e os maus hábitos desse período farão com que demorem mais tempo a voltar ao seu estado normal. Ou seja, as mulheres sofrem com uma maior acumulação de gordura.

“Não é necessário e pode mesmo ser prejudicial. O excesso de peso ganho durante a gestação pode afetar a propensão de uma criança a ser obesa na vida adulta”, afirma Joe McNamara, líder do estudo.

Para chegar a essa conclusão, os cientistas usaram “mosca das frutas”, que têm um sistema digestivo idêntico ao das mulheres e a partir daí conseguiram descobrir que, durante a gravidez, a digestão fica mais eficiente e o corpo consegue absorver e armazenar mais energia a partir da mesma quantidade de alimento.

Por isso, as mulheres que comem por dois vão sentir futuramente mais dificuldade em fazer com que o intestino volte ao seu tamanho natural.

Fonte: Yahoo Vida e Estilo

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry